Dezembro 2007 – Ritual de Luz: Fase II

 

Queridos Amigos:

Estou extremamente entusiasmada por poder trazer-lhes este presente. Sanat Kumara, nosso Logos Planetário, nos entregou a seguinte fase do Ritual de Luz que recebemos no mês passado. Ele já havia manifestado seu desejo de acelerar-nos ainda mais com esta nova fase. No entanto, estava um pouco preocupado se lograríamos absorver por completo as energias e se encontrava ansioso por assegurar que poderíamos ancorar as energias do ritual anterior antes de passar à seguinte fase de aceleração.
Sobre a importância e a potência do ritual completo, ele disse:

“Passo-lhes hoje o que vocês receberiam daqui a nove meses. Pratiquem isto diariamente e notarão como sua vida se acelerará e como os acontecimentos se moverão mais rapidamente. Isso é uma promessa. Todos os eventos e circunstâncias que os atrasavam, distração, dor e enredos cármicos serão retirados de suas vidas. Não obstante, durante o transcurso dos próximos nove meses, enquanto vocês fazem a meditação destes rituais de luz, choverão bênçãos do EU SOU AQUELE QUE SOU e da consciência de Sanat Kumara.”

Aquilo que demoraria nove meses, vocês obtiveram agora com a prática da primeira fase até o último mês.

Com a adição da próxima fase, suas vidas se acelerarão ainda mais. O próximo ano (2008) chegará com muito mais força e poder para vocês. Não poder de vocês, mas sim, o poder destes grandes seres que estarão sob seu comando. São os Senhors da Luz, o Senhor Maja da Luz e, ainda mais importante, a bênção da Divina Mãe, que será a força que os guiará, pavimentando seu caminho com maior luz e glória. Sanat Kumara refere-se à Divina Mãe como um grande ser cósmico da qual sua força e poder são a soma de todas as divindades femininas combinadas. Seu poder está por trás da criação de toda esta criação manifestada. Ela também é conhecida com a Mãe do Universo. 

A Divina Mãe converte-se em nossa inspiração quando aprendemos a pedir sua compaixão de ajuda e guia. Ammmachi é uma Santa viva, um ser auto realizado, um Avatar (www.amma.org) . Ela recorre ao mundo entregando seu amor, luz e bênçãos por meio de abraços. Ela abraça a todas aqueles que a visitam. Ela é o pináculo da compaixão da Mãe Divina. Um dos monges que entregou sua vida a seus serviços falou do poder da inspiração em comparação com a motivação. Ele explicou que inspirar é muito mais efetivo e duradouro do que motivar. A motivação finda pois tem suas raízes no movimento. Quando o movimento cessa, a motivação termina. A inspiração, no entanto, tem suas raízes no espírito. Inspirar significa inalar o espírito para dentro de nossas vidas. Quando o espírito chega e inspiramos, o resultado pode ser eterno. A Divina Mãe exala o espírito dentro de nossas vidas e abre nosso coração para que tenhamos mais amor e compaixão.

Na terceira fase, que será publicada na próxima semana, iremos diante do Trono da Divina Mãe que é conhecido como o Trono do Absoluto, no mais sublime dos reinos superiores. Ali, nos fundiremos com os sete grandes seres chamados de os Sete Senhores da Luz e do grande Senhor Maja da Luz. Estes oito seres extraordinários de luz regressaram à Terra para restaurar e recuperar nossa luz e a glória da Terra. Merecemos um cumprimento coletivo pelo bom trabalho que realizamos. Me faz muito feliz saber que juntos demos muita alegria aos nossos amados Mestres e guias, ao ajudarmos na restauração da glória da Terra e na elevação de seu grau de luz.

Por favor, sigam fazendo o exercício do mês passado. Adicionaremos ao nosso exercício a próxima fase que será publicada na próxima semana, quando então se haverão ancorado as energias das quatro semanas por completo. Se vocês vão se unir a nós neste momento, peço-lhes que comecem com o exercício do mês passado e o terminem tal qual é indicado. Vou concluir esse flash informativo com algumas palavras de alento e esperança de Sanat Kumara:

“Em Nome de todos estes grandes seres, Eu, Sanat Kumara, digo que temos muito a celebrar. Marquem em seu calendário que, em nove meses (setembro de 2008) vamos revisar juntos o que aconteceu em suas vidas.”

O ano de 2008 mostra-se como ano de glória e grandeza. Anticipando o que nos espera, rezo para que tenhamos grandes resultados e espero com ansiedade os dias de glória e celebração por vir.
Na luz e na glória da Divina Mãe e com as bênçãos de nossos amados Senhores da Luz e Sanat Kumara, dou-lhes graças por sua participação. Estou muito orgulhosa desta rede espiritual que formamos e que nos converteu em uma família de luz que cresce até o infinito. Agradeço-lhes por seus correios eletrônicos e por compartilharem as experiências que tem tido com Ritual de Luz.

Mil bênçãos,
Nasrin


Passagem do livro Gifts I: Dádivas dos Mestres Ascencionais da Luz

“A Divina Mãe é o pináculo das forças criativas do universo. Ela é o princípio feminino da existência. Ela leva o útero da Terra dentro de seu ser, por esta razão, toda a fertilidade e a criatividade lhe pertencem.

Todas as deusas e demais seres femininos são aspectos ou gotas do oceano que a Divina Mãe personifica. Os hindus consideram a deusa Kali como a Mãe Divina; os católicos consideram a Virgem Maria ou Mãe Maria como a Divina Mãe. No entanto, apesar de Mãe Maria e Kali serem indiscutivelmente mães divinas, a Mãe Divina a qual nos referimos, é a divindade absoluta, mais adiantada em forma devido à sua enorme energia.

Tenho canalizado as energias da Divina Mãe, porém Ela nunca falou através de mim. Imagino que se ela um dia o fizer, que meus circuitos poderão sofrer. Vejo a Mãe Divina como uma silhueta feminina dentro de línguas de fogo. Sua voz é como o som de uma grande cascata, não obstante sua energia ser tão suave como a seda.”